shadow

THE LOVER, DE GAP 

Perfumart - resenha do perfume GAP - the loverÉ difícil acreditar que este perfume seja feito sobre damasco e patchouli, pois ele é realmente potente e diferenciado. Para mim, é o melhor da linha “The Individuals”. Durante a sua evolução, ele me lembra – em alguns momentos – o Obsession de Calvin Klein. Mas este não é atalcado; ele é frutal e cremoso, azedo e doce, com uma dualidade que varia de acordo com a pele de quem o usa. Até mesmo porque ele é unissex!

Aliás, acho interessante citar que já vi resenhas de outras pessoas dizendo que este também é um daqueles casos, em que certas perfumarias especializadas em nicho adorariam colocar as mãos.

E não se deixem enganar pelo histórico popular da marca, pois todos os perfumes da linha “The Individuals” da GAP são excelentes e possuem projeção e fixação superiores a muitos perfumes que custam o dobro ou mais.

Este aqui é sexy e envolvente, e cai muito bem em climas mais amenos e eventos noturnos.

*imagem: reprodução


The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: