shadow

MOLECULE 02, DE ESCENTRIC MOLECULES

Perfumart - resenha do perfume Escentric Molecules - Molecule 02

Depois do sucesso de vendas que ocorreu em 2006 com Molecule 01 e seu par, Escentric 01, o perfumista Geza Schoen criou mais um duo de fragrâncias trabalhadas sobre uma molécula sintética específica. Desta vez, o Ambroxan foi o ingrediente-chave para a criação dos novos perfumes, lançados em 2008: Molecule 02 e Escentric 02.

E assim como fiz na resenha do primeiro, acho válido dar uma pincelada no que seria essa tal molécula chamada Ambroxan. Ela é obtida em laboratório, a partir do esclareol que, por sua vez, é extraído da sálvia esclareia (conhecida como Clary Sage). Começou a ser explorada na perfumaria como substituta para o ambergris (aquele da baleia cachalote, rico em Ambrein) e pode conferir nuances suaves de âmbar e até de ládano, sendo que sua característica principal não é o cheiro, mas o poder de ampliar a duração das fragrâncias.

Em termos mercadológicos, é comum dizer que ambrox e ambroxan são a mesma coisa. E que, além destes nomes, o ambroxan também seria comercialmente conhecido como Amberlynx, Ambroxide e Cetalox. Mas quem conhece a fundo esses componentes afirma que existem diferenças, inclusive, na potência do cheiro que exalam e como são refinados.

Na minha pele, Molecule 02 se comportou de maneira muito parecida com Molecule 01, ou seja, começa super alcóolica, depois some e do nada, como num passe de mágica, começa a exalar um certo perfume, completamente inofensivo. Neste aspecto, Molecule 01 ficou mais perceptível. Porém, diferente da expectativa que criei antes de conhecer a primeira, aqui eu já estava preparado para o que iria encontrar. Além disso, em Molecule 02 as opiniões também divergem muito e enquanto uns enaltecem um cheiro maravilhoso de âmbar metalizado, outros dizem que não sentem nada, além de álcool.

Na minha pele, embora muito, muito, muito sutil, dá para sentir um cheiro levemente terroso e salgado. E, novamente, vale lembrar que essa molécula é conhecida por “skin scent”, que significa cheiro da pele, em nosso idioma.

Então, ciente do conceito de layering, proposto pela Escentric Molecules, descobri a melhor forma de obter resultados com essa fragrância (que não é barata). Primeiramente, não dá para sair borrifando, como um louco, por todo o corpo. Em termos de uso puro, tive mais resultados quando apliquei duas camadas, com tempo espaçado, nos mesmos lugares. Mas o que mais gosto de fazer é aplicar Molecule 02 sobre perfumes que já possuem ambroxan e que eu quero que durem mais tempo, como é o caso de Bright Neroli e Jimmy Choo Man Ice, por exemplo.

Particularmente, acho muito divertido brincar com as inúmeras possibilidades que uma molécula pode conferir, mas isso tem um custo e não é barato. Portanto, prefiro (e sugiro) investir na beleza da composição de Escentric 02, do que na pureza de uma molécula que pode não ser notada, nem mesmo pelo usuário.


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »