shadow

PROFUMMO YLANG, DE ATELIER SEGALL & BARUTTI

Profummo Ylang foi lançado em 2017, em edição limitada, e faz parte das fragrâncias concebidas para serem usadas por ambos os sexos. O conceito criativo foi trazer para o público uma fragrância floral que pudesse ser apreciada, com facilidade, pelos homens.

A fragrância de Profummo Ylang possui notas de citrinos, coentro e manjericão, criando um impacto inicial e abrindo caminho para um corpo floral com jasmim, ylang-ylang, muguet e rosa, sobre uma base densa e amadeirada com sândalo, patchouli, âmbar e incenso.

Confesso que demorei um pouco para me deixar seduzir por esta fragrância, pois, a princípio, me pareceu apenas mais uma composição com óleos essenciais de flores, algo que eu já pude conhecer dentro do leque de opções que a empresa oferece. Entretanto, com o passar do tempo e mais ocasiões de uso, pude perceber algo que me trouxe um outro olhar, através de uma perspectiva diferente: Profummo Ylang se encaixa como uma espécie de versão masculina para Beso de Ylang, como se tivesse sido criado para o homem que gosta de perfumes com a mesma intensidade que a sua parceira e que, sobretudo, gosta de compartilhar alguns deles, pois é eclético o suficiente para tal.

A partir deste ponto, descobri uma fragrância floral-amadeirada – muito atraente e bem elaborada – para aqueles homens que adoram florais brancos com bastante presença de flores pungentes como lírio, jasmim, tuberosa e ylang-ylang, mas que sempre esbarram em duas questões: o rótulo e o estilo olfativo do produto.

Profummo Ylang abre de forma levemente cítrica, musgosa e mentolada e, rapidamente, revela seu jardim floral, como se estivesse escondido sob uma estufa fechada. Na minha pele, jasmim e muguet se desdobram para chamar a atenção e a secagem me traz uma base de madeira cremosa e levemente adocicada pelo âmbar.

Quando borrifada sobre a pele, a fragrância parece ficar grudenta, tamanha concentração de óleos orgânicos. Portanto, sugiro cuidado ao aplicar sobre as roupas, como muitos gostam de fazer. A projeção não é assustadora, mas é satisfatória. E a duração passou de oito horas, sem muito esforço.

Há um aspecto típico da perfumaria independente nesta fragrância, que foge dos florais mais comuns da perfumaria de massa. Se você já experimentou perfumes veganos do segmento de nicho, irá se identificar com o que penso, enquanto escrevo esta parte da resenha.

Por fim, posso dizer que Profummo Ylang é uma interpretação do ylang-ylang para os homens. Quem foi que disse que homens não podem usar florais?

*imagem: reprodução / www.ateliersegallbarutti.com.br


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É colecionador de perfumes, crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, portal especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »