shadow

SABLES, DE ANNICK GOUTAL 

Perfumart - resenha do perfume Annick -SablesE dizem que Lapidus, Kouros, etc. são fortes. É porque ainda não experimentaram este aqui! Sables chega a ser sufocante nos primeiros instantes.

Na saída tem algo seco, rascante e que me remeteu a tabaco ou aqueles tipos de ervas para fumantes de cachimbo. Depois, a evolução caminha para o rum. E o mais interessante é que parece que caramelizaram amêndoas e, depois, as flambaram no rum. Uma delícia!

Sables é um perfume sóbrio, bem elaborado e raro. Nunca havia sentido tal combinação. Entretanto, é mais um do tipo “ame-o ou deixe-o”.

Se for usado em excesso, é capaz de causar náuseas em qualquer um ao seu redor. Mas se bem aplicado, chega a ser viciante.

*imagem: reprodução


The following two tabs change content below.
𝘽𝙤𝙧𝙧𝙞𝙛𝙖𝙣𝙙𝙤 𝙘𝙤𝙣𝙝𝙚𝙘𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙝𝙖́ 𝙖𝙣𝙤𝙨. Crítico de fragrâncias, jurado de premiações nacionais nas categorias de perfumaria fina e cosméticos masculinos, além de consultor particular de estilo em fragrâncias e criador do Perfumart, blog especializado no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: