shadow

NARCISO RODRIGUEZ FOR HIM EAU DE TOILETTE, DE NARCISO RODRIGUEZ

Perfumart - resenha do perfume Narciso Rodriguez - for Him

Lançada em 2007, For Him EDT foi a primeira fragrância masculina de Narciso Rodriguez. A inspiração foram as fragrâncias de estilo fougère dos anos 80, com suas nuances de floresta, madeiras úmidas, ambiente musgoso e um traço de sobriedade.

O perfumista responsável pela fragrância foi Francis Kurkdjian, que também esteve envolvido por trás do sucesso das primeiras versões femininas da grife. E para dar vida à visão de Narciso Rodriguez em sua aventura dentro do segmento masculino, Francis utilizou notas de lavanda, pimenta rosa e folhas de violetas no topo da composição. Em seguida, trouxe o almíscar no centro, respeitando o caráter da marca e, no fundo, adicionou notas de âmbar e patchouli.

Quando toca a pele, Narciso Rodriguez For Him Eau de Toilette se apresenta com o máximo de elegância e sofisticação, a fim de causar uma boa impressão desde o início. E esse foi o verdadeiro toque de mestre conferido por Francis Kurkdjian, pois a fragrância traz, de imediato, um forte cheiro de patchouli e folhas de violetas e essa combinação, por sua vez, nos remete à uma das mais famosas criações do universo masculino, lançada em 1988: Fahrenheit (de Christian Dior).

Todavia, também é de conhecimento geral que esta última sempre esteve em extremos opostos, sendo considerada mais uma fragrância do tipo ame ou odeie. Então, foi preciso coordenar as amostras e as inúmeras tentativas até chegar no ponto exato entre o que representava a masculinidade e o que domava a agressividade. E Narciso For Him EDT se encaixou exatamente neste lugar.

Basicamente, a fragrância é uma combinação de três estágios evolutivos: muita presença das folhas de violetas, uma dose exagerada de almíscar e um mix de âmbar e patchouli. Temos, então, uma sensação de flores úmidas em um dia nublado, como ideia inicial, partindo para um ponto em que um terno de excelente caimento parece ser a única vestimenta capaz de combinar com o nosso estado de espírito, e encerrando com um toque de mistério, onde nuances verdes e musgosas ganham um toque de refinamento e cremosidade.

Dá para notar muitas referências dentro de Narciso Rodriguez For Him EDT: desde Drakkar Noir à Fahrenheit, passando por Grey Flannel e Antaeus. É uma verdadeira viagem no tempo através de alguns sprays. A diferença é que parece que o corpo permanece no tempo atual (no caso, em 2007) e o espírito volta cerca de 20 anos.

E como já era um dos padrões da marca na área feminina, este perfume também possui um tipo de limitador de potência que não permite exageros, pois é preciso ser notado sem perder a elegância. Por causa disso, é comum vermos reclamações sobre projeção e fixação. Mas a prática e o uso contínuo provam o contrário.

E é claro que eu não terminaria esta análise sem falar do frasco, que trouxe a mesma identidade visual da linha For Her, agora em um frasco menos esguio. E não poderiam ter escolhido cor melhor para este produto, pois o cinza consegue ser marcante, gótico, clássico, requintado e neutro, tudo ao mesmo tempo. Podem aplaudir!


 

The following two tabs change content below.
Publicitário, amante da comunicação, blogueiro, apaixonado por fragrâncias e cosméticos em geral. É jurado e crítico de fragrâncias nacionais e internacionais, consultor particular de estilo em perfumaria e dono de um grupo no Facebook voltado apenas para os homens. Criador e proprietário do Perfumart, blog especializado em perfumaria.

Fique à vontade para deixar o seu comentário!

Translate »